Agências investem em pacotes de turismo religioso internacional para idosos

0 Comentários

35 Visualizações

Minutos de leitura

Com tempo de sobra para descansar e conhecer novos lugares, o público da terceira idade não perde tempo para arrumar as malas e apreciar diferentes culturas, principalmente quando a oferta inclui viagens internacionais com roteiros religiosos.

O aumento da expectativa de vida da população também contribuiu para o crescimento da oferta de pacotes turísticos para quem já tem acima de 60 anos. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o tempo de vida da população aumenta de três a quatro meses a cada ano.

Com atendimento privilegiado nas agências de viagens, os destinos escolhidos são variados, mas a preferência desse público específico é conhecer santuários e fazer peregrinações.

“Eles fazem até trilhas em Machu Picchu (a cidade perdida dos Incas, no Peru), mas os destinos mais procurados são sem dúvida os roteiros religiosos”, conta o gerente de operações da Lobotur Viagens e Turismo, Cláudio Lemos.

Elaborar um roteiro especial para atender às necessidades desse público é essencial para as agências. “Deve ser um trajeto menos cansativo, com hotéis que ofereçam infraestrutura adequada, elevadores e fácil acesso, além de guias especializados”, explica Lemos.

Preferências – No topo da lista dos roteiros religiosos estão a Terra Santa, que consiste em alguns lugares do Egito, Jordânia e Israel; os santuários marianos, como Fátima, em Portugal; Lourdes, na França; a Basílica de Guadalupe, no México; a catedral de Santiago de Compostela, na Espanha; e a cidade do Vaticano, em Roma, na Itália.

Em outubro do ano passado, representantes da igreja de Nossa Senhora da Vitória organizaram uma excursão para a Europa, para conhecer os santuários marianos.

“É uma experiência importante de oração e aprofundamento da religião, da cultura e da vida, além de ser uma oportunidade das pessoas congregarem entre si e se aproximarem da paróquia”, destaca o padre Luís Simões, pároco da igreja de Nossa Senhora da Vitória.

Experiência – “Nunca tinha viajado em uma excursão antes, mas achei a viagem muito especial e o grupo bastante homogêneo”, conta a aposentada Emília Navarro de Brito.

“Quando estamos em uma excursão temos acesso a coisas que os turistas comuns não sabem. No Santuário de Lourdes, por exemplo, é possível tomar banho com as águas da gruta em que Nossa Senhora apareceu para Bernadete. É realmente uma viagem perfeita”, destaca Emília, que vê no turismo religioso uma oportunidade de conhecer pessoas novas.

“As excursões não são apenas para pessoas mais velhas. Uma amiga da minha filha também foi com a gente. Os roteiros religiosos podem ser visitados por qualquer pessoa, independente da idade”, garante a aposentada.

A próxima excursão do grupo já está prevista para junho desse ano. Desta vez, os fiéis da Paróquia da Vitória e da Paróquia de Sant”Ana, localizada no bairro de Nazaré, optaram por seguir juntos os passos de Jesus Cristo, na Terra Santa.

Emoção – A advogada Maria José Oliveira já foi dez vezes à Terra Santa e se prepara para viajar pela décima primeira vez com um grupo de amigos para comemorar o aniversário de 70 anos em Jerusalém. “Esse é o terceiro aniversário que passo lá. Sinto Deus muito mais presente na terra sagrada. Tenho uma sensação enorme de bem-estar. Várias pessoas têm medo de viajar para Israel, mas lá eu sinto um ambiente de paz”, conta a advogada.

Em casa, ela construiu uma capela para guardar os artigos religiosos trazidos da viagem. “Faço contagem regressiva para viajar e sempre volto com o espírito muito melhor. Quem tem fé vai”, garante.

A administradora de empresas Maria de Fátima Carvalho está no grupo das amigas de Maria José que vai viajar no próximo mês. Apesar de morarem no mesmo bairro, em Salvador, elas se conheceram em Jerusalém, em uma excursão. “Lá tudo me encanta. Cada ponto tem uma história e uma mensagem de fé”, conta Maria de Fátima, que se prepara para visitar a Terra Santa pela quarta vez.

Reconhecimento – A santidade de Jerusalém, capital de Israel, é reconhecida pelo cristianismo, judaísmo e islamismo. Em Israel, os destinos mais disputados pelos cristãos estão na região norte do Estado, mais conhecida como Galileia, onde estão localizadas as cidades de Nazaré, Belém e Caná, palcos de importantes acontecimentos bíblicos e da vida de Jesus Cristo.

A médica anestesiologista Eleonora Valente também faz parte dos turistas que visitaram os percursos bíblicos e conta que já realizou todo o trajeto do Êxodo, feito pelos hebreus no Velho Testamento. “Até subi o Monte Sinai de madrugada”, ressalta.

Eleonora já viajou sete vezes para Israel e até montou uma loja com produtos trazidos de lá. “Fui a primeira vez em 1997, por causa de uma promessa. Quando cheguei não conseguia dormir de tanta emoção. Lá eu fiz amizades que mantenho uma ligação muito forte até hoje. Sem dúvida existe um chamado interior de Deus”, conta, emocionada.

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Compartilhe