País terá 37 milhões de doses da Sputnik V até julho, diz governador da Bahia

0 Comentários

155 Visualizações

10 Minutos de leitura

Rui Costa afirmou que vacinas russas compradas pelos estados do Nordeste serão distribuídas em todas as regiões do Brasil

Credito: MAXIM SHIPENKOV/EPA/EFE

Na manhã deste sábado (13) o governador da Bahia, Rui Costa (PT), se reuniu com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para discutir como será feita a distribuição das doses da Sputnik V adquiridas pelo consórcio dos estado do Nordeste em acordo firmado na sexta-feira (12) com o Fundo Soberano Russo.

Segundo Rui Costa, a Bahia e outros estados nordestinos assinaram um documento preservando o Plano Nacional de Imunização. Portanto, as doses serão incorporadas ao programa e distribuídas para todas as regiões. No entanto, os detalhes sobre como se dará essa logística não foram tratados nesta conversa. 

“Os estados do Nordeste contribuíram com esta compra, é algo que nós viemos trabalhando há seis meses e com isso nós incorporamos 37 milhões de doses ao Plano Nacional até o mês de julho”, afirma o governador da Bahia.

As primeiras doses do imunizante devem chegar em abril ao Brasil, embora o uso emergencial e definitivo ainda não tenham sido aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No entanto, sobre isso, uma lei sancionada nesta semana viabiliza a compra de vacinas já em uso e aprovação por outras agências do mundo. 

“A lei prevê a compra direta, por estados e municípios, visando complementar e incorporar ao Plano Nacional de Imunização. Esta compra pode ser feita, e a vacina pode ser aplicada desde que ela seja aprovada por alguma das instituições internacionais que estão na lei: Agência Americana, Europeia, Chinesa e Russa”, explica Rui Costa.

“A reunião foi muito positiva com o Ministro da Saúde. As vacinas, imediatamente, serão incorporadas ao Plano Nacional de Imunização. Como o Ministério está enviando outras vacinas, nós ficamos de ajustar depois esta questão da logística da distribuição”, diz Rui Costa.

“O mais importante é que há sim um alinhamento com o Ministério da Saúde e nós defendemos isso para manter a equidade no tratamento entre as diversas regiões e municípios brasileiros”.

Rui Costa defende que imunizantes de outros fabricantes possam chegar ao Brasil para suprir a necessidade de vacinas ainda neste semestre. “O que estamos buscando é antecipar com outros fabricantes a chegada ainda no primeiro semestre de um número maior de vacinas”.

Reunião com Pazuello

Junto com Rui Costa, oito governadores participaram da reunião com o Ministério da Saúde. O encontro durou duas horas e foi por videoconferência. Na tarde deste sábado (13) os governadores do Consórcio do Nordeste vão se reunir com governadores de outras regiões para discutirem melhor o contrato para aquisição da Sputnik V que deverá ser assinado na quarta-feira (17). 

Além deste contrato de 37 milhões viabilizado pelo Nordeste, o Ministério da Saúde afirma que já feito uma compra de 10 milhões de doses da Sputnik V. Pelo cronograma, a pasta espera receber, em abril, 400 mil doses da Sputnik V, em maio, mais 2 milhões e em julho, 7,6 milhões de doses da vacina Russa. Números que independem do novo acordo apresentado por Costa.

FONTE: https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2021/03/13/pais-tera-37-milhoes-de-doses-da-sputnik-v-ate-julho-diz-governador-da-bahia

Compartilhe